System - Configuration - NDG Theme - Browser Support Messages - Unsupported Browser Message

You have reached the website

VOLTE A INTRODUÇÃO "CICLO DE VIDA"

AGRICULTURA

DE ONDE PROVÉM O NOSSO CAFÉ

Para a produção de NESCAFÉ® Dolce Gusto®, abastecemo-nos de 18.000 toneladas de café junto de um vasto leque de países, incluindo o Brasil, o Quénia e a Etiópia, o que representa cerca de 310 km2 de terra arável. A agricultura responsável, com os seus grandes desafios de cariz ambiental, social e económico, é uma das prioridades máximas de NESCAFÉ® Dolce Gusto®. Por conseguinte, lançámos um projeto global com a Rainforest Alliance* centrada no desenvolvimento de uma produção responsável do café e na melhoria dos meios de subsistência dos agricultores, apoiando-os na obtenção de maior produtividade e de melhor qualidade.

 

Desafios

  • A produção de café continua a ser uma atividade essencial em muitos dos seus locais tradicionais de origem, estimando-se que esta atividade empregue 25 milhões de pessoas. Em muitas destas regiões, o café tem uma longa história e um peso considerável na criação e distribuição de rendimentos, tanto para os produtores como para os trabalhadores das explorações agrícolas e respetivas comunidades. Daqui resultam, para nós, algumas oportunidades e desafios.
  • Em muitas das regiões de produção de café, os agricultores apresentam rendimentos muito baixos devido à pequena dimensão das explorações, ao envelhecimento das plantas e à oscilação dos preços de mercado do café. Além disso, as técnicas agrícolas ineficazes ou os tratamentos químicos inadequados podem reduzir significativamente os rendimentos anuais e a produção total, tendo ainda um potencial impacte em termos ambientais. Elevar o rendimento dos agricultores através de um aumento da produtividade, da eficácia e do desempenho ambiental são fatores essenciais para o futuro da produção do café.
 

OS NOSSOS OBJETIVOS

  • Abastecimento de 180.000 toneladas de café verde diretamente junto de 170.000 produtores até 2015*
  • Distribuição de 220 milhões de plântulas até 2020* a fim de aumentar a produtividade, o rendimento das explorações e tornar a produção de café mais atrativa do ponto de vista económico.
*Compromissos do Plano NESCAFÉ anunciados publicamente
 

O QUE FAZEMOS

  • Apoiados pelos nossos parceiros comerciais e pela Rainforest Alliance, os nossos peritos agrícolas proporcionam formação específica diretamente aos produtores. É-lhes assim dado o acesso a novas ferramentas e técnicas, bem como a assistência necessária para que possam gerir melhor as suas explorações agrícolas e de uma forma responsável ao nível ambiental, social e económico. Definimos o conteúdo das atividades de formação e de outros projetos de desenvolvimento, e asseguramo-nos de que são tidas em conta as necessidades locais específicas (por exemplo, análise dos solos no que respeita a fertilizantes, acesso a água potável). Com essa finalidade, desenvolvemos as Melhores Práticas Agrícolas NESCAFÉ®, em conjunto com a Rainforest Alliance.
  • Atualmente, estamos a liderar um projeto de investigação sobre novas variedades de café com potencial para triplicar ou até quadruplicar os rendimentos, desde que cultivadas adequadamente. Até ao momento, foram já desenvolvidas diferentes variedades que apresentam uma melhor adaptação às condições locais e que têm sido distribuídas aos agricultores desde 2010. Ao longo do tempo iremos alargar e acelerar ainda mais a distribuição destas novas variedades, de acordo com os objetivos acima mencionados. Tudo isto é um contributo para assegurar que a oferta de café satisfaz a procura crescente, sem a necessidade de mais terras agrícolas, e ajuda-nos a atingir as nossas metas. Estes desenvolvimentos constituem ainda uma oportunidade para os agricultores apostarem na diversificação das suas culturas e permitem a reflorestação.

 

O QUE JÁ ALCANÇÁMOS

  • 76.000 agricultores receberam formação sobre as melhores práticas agrícolas desde o lançamento do Plano NESCAFÉ® em agosto de 2010.
  • Foram distribuídas mais de 30 milhões de plantas de elevado rendimento durante o mesmo período (em menos de 3 anos).

Desafios

  • A produção de café no século XXI depara-se com vários desafios ambientais. Para NESCAFÉ® Dolce Gusto®, a produção e o processamento dos grãos de café é responsável por 30% do total das emissões dos gases com efeito de estufa produzidas durante o ciclo de vida de uma chávena de café, e a irrigação artificial das plantas de café é responsável por 63% do consumo de água durante o ciclo de vida do produto. Além disso, a potencial utilização excessiva de fertilizantes e pesticidas poderá ter um impacto na biodiversidade, bem como na qualidade da água e dos solos.
  • A produção de café enfrenta ainda desafios sociais e económicos, nomeadamente as condições de trabalho difíceis, a sazonalidade da cultura e os baixos rendimentos.
 

OS NOSSOS OBJETIVOS

  • Até 2015, mais de 90% do café por nós adquirido será proveniente de um abastecimento responsável, em conformidade com os princípios instituídos pela Associação do Código Comum para a Comunidade do Café (4C).
 

O QUE FAZEMOS

  • Somos membros fundadores da 4C, a Associação do Código Comum para a Comunidade do Café. O código foi criado para incentivar as práticas responsáveis do ponto de vista ambiental e social entre os membros da 4C. A associação 4C proporciona conhecimentos complementares específicos, para além de ferramentas e apoios para que os membros possam adotar uma agricultura responsável, incluindo uma equipa de serviços de assistência e um processo de verificação independente. Para se manterem em sintonia com o Código, os membros da 4C comprometem-se a melhorar continuamente o impacto causado globalmente pela produção agrícola em termos sociais, económicos e ambientais, bem como a empenhar-se na erradicação de 10 práticas inaceitáveis conforme se descreve no código. Para mais informações, consulte o link: 4c-coffeeassociation.org.
  • No terreno, os nossos especialistas em agricultura e os nossos parceiros comerciais estão a ajudar os produtores agrícolas e as cooperativas a implementar os critérios da 4C.
  • A nossa divisão de abastecimentos está a trabalhar no sentido de aumentar o volume global das nossas aquisições anuais de café verificado com base no 4C, visando cumprir a meta acima mencionada.
 

O QUE JÁ ALCANÇÁMOS

  • Em 2012, 70% do café da NESCAFÉ® Dolce Gusto® teve origem num abastecimento responsável.